O distanciamento social trouxe muitos desafios e cresceram os casos de distúrbios psicológicos entre a população das mais variadas faixas etárias. Com isso, o Psicólogo precisou se adaptar e passar a atender online. Mas como realizar esses atendimentos de forma segura e eficiente? Saiba neste artigo.

Regularização para o online

Com a necessidade do atendimento psicológico online, muitos profissionais ainda têm dúvidas se é permitido atender nesta modalidade. A resposta é sim.

A resolução CFP 011/2018, do Conselho de Federal de Psicologia, regulamenta a prestação de serviços psicológicos realizados por meios de tecnologias da informação e da comunicação.

Já a resolução CFP 004/2020 regulamenta os serviços psicológicos prestados por meios de tecnologia da informação e da comunicação durante o período de pandemia do COVID-19.

Antes de começar no online, o Psicólogo precisa se cadastrar na plataforma e-Psi (https://e-psi.cfp.org.br). Mas não é necessário obter o parecer para iniciar seus atendimentos. Você pode consultar mais detalhes sobre isso no site: https://site.cfp.org.br

Cuidados no atendimento online

Tanto no presencial quanto no online, sempre é fundamental seguir o Código de Ética Profissional de Psicologia. Além disso, como este é um período atípico, esteja atento as possíveis novas resoluções do CFP, mantenha-se bem informado e atualizado.

É necessário fazer um contrato de prestação de serviço. Isso garante maior segurança tanto para o profissional de Psicologia, quanto para o seu paciente. Este documento precisa ser assinado por ambas as partes, Psicólogo e paciente. Existem modelos de contratos prontos no CRP. Você pode utilizá-los e fazer as adaptações necessárias para cada caso.

Além disso, tenha em mente que no online é preciso ter os mesmos cuidados do presencial em relação ao ambiente onde você fará os atendimentos. Cuide para que seja um local tranqüilo e adequado, sem interrupções de terceiros.

Por exemplo, se você vai atender no escritório da sua casa, mantenha a mesma postura profissional de sempre. Não deixe expostos no local seus objetos de uso pessoal, cuide para que a imagem de fundo na chamada de vídeo seja o mais neutra possível.

Período de adaptação

O atendimento psicológico pode ser realizado online com total qualidade. Porém, existe maior possibilidade de distrações.

Alguns pacientes podem sentir diferença e levarem um tempo até ficarem confortáveis com essa modalidade de atendimento.Podem, por exemplo, não querer tocar em determinados assuntos importantes para a terapia por medo de que as pessoas que moram com eles escutem.

Então, há um período natural de adaptação e isso precisa ser considerado pelo Psicólogo para o bom andamento da terapia.

Equipamentos para atender online

Você precisa de poucos recursos para atender online. O primeiro deles é um computador com webcam ou mesmo um smartphone para fazer chamadas de vídeo.

Verifique previamente como está o som desses equipamentos para que a interação flua bem. E faça alguns testes antes de cada atendimento para se certificar de que a internet apresenta estabilidade suficiente.

Para organizar melhor seu dia a dia, use alguma plataforma de controle e gerenciamento de horários como o Google Agenda ou o Reservio. Este último oferece a opção de enviar lembretes de compromissos via e-mail ou SMSse você aderir a uma assinatura mensal.

A consulta pode ser realizada por uma simples chamada de vídeo no Whatsapp. Porém, outros recursos de sala de reunião online como Zoom, Whereby e StreamYard fornecem mais segurança e profissionalismo por um valor acessível.

Prepare-se para começar no online

Com essas informações, você já pode começar a se preparar para atender online! Os casos de depressão e ansiedade aumentaram com a pandemia. Portanto, há muita gente precisando do atendimento de um profissional competente como você.

No próximo artigo, você vai saber sobre as diversas formas de pagamento online e também sobre aplicativos que te ajudarão a alavancar sua carreira de Psicólogo Empreendedor. Até lá!